Pular para o conteúdo principal

Dnit deve indenizar por acidente causado por falta de sinalização

Devido à falta de sinalização em uma estrada, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) foi condenado a pagar R$ 49 mil de indenização por danos morais e materiais ao namorado de uma jovem morta em um acidente na BR-101, próximo a Tubarão (SC). A decisão é da 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.
O acidente aconteceu em junho de 2012, quando o motociclista, autor da ação, saiu da rodovia para ingressar na via auxiliar e bateu de frente com um automóvel que vinha na direção contrária. A namorada do motociclista, que estava na garupa, morreu no acidente.
O autor da ação alegou que a causa do acidente foi a falta de sinalização e iluminação da rodovia. Segundo depoimento de policial rodoviário federal, testemunha no processo, não havia placa de “Pare” na via principal nem na auxiliar. Entretanto, o Dnit alegou que não é responsável pelos danos e que cumpre as regras de sinalização exigidas pela legislação de trânsito.
O juiz federal Helder Teixeira de Oliveira, substituto da 1ª Vara Federal de Tubarão, responsabilizou o Dnit por negligência na má sinalização da rodovia. O juiz fez uma inspeção no local do acidente para saber o real estado da estrada. A análise demonstrou que o perigo no local ainda persiste.
Ao justificar a indenização pela morte da namorada, o juiz explica que houve abalo psicológico, pois a pessoa que o motociclista conduzia morreu. De acordo com o juiz, ainda que fosse um estranho, haveria dano moral, "pois, em última análise, ele era responsável pela incolumidade do carona. E, de fato, tendo o sinistro ocorrido, gera abalo no condutor".
Em recurso, o desembargador federal Cândido Alfredo Silva Leal Junior, relator do processo, manteve a sentença. De acordo com o desembargador, a inspeção foi suficiente para demonstrar a insegurança da via. Ele salientou a importância da conduta do juiz de primeiro grau no processo por levar ao conhecimento das autoridades competentes a situação de risco que constatou. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRF-4.
5005168-02.2013.4.04.7207/TRF
fonte: conjur

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas de estudo

Olá, amigos! 
Hoje trago algumas dicas que talvez possam ser úteis para os seus estudos. Está com dificuldade de iniciar os estudos? Começa ler o texto e tem que voltar todo o parágrafo por falta de concentração? Darei duas dicas que normalmente funcionam muito bem comigo, e que talvez ajudem nos seus estudos:
1° Dica
Se vai começar os estudos e não tem prática em fazer leituras de conteúdos pesados, inicie com leituras de informativos, isso mesmo. Comece lendo jornais, revistas, notícias em sites de internet; preparar o cérebro com conteúdo que não requer muito esforço  para compreensão  é um bom primeiro passo antes de iniciar um estudo mais carregado. 
2º Dica
Se o seu maior problema é concentração, não conseguindo ler uma página sequer sem ter que voltar todo o texto, pois já não sabe o que leu poucos segundos atrás; recomendo que comece a leitura em voz alta, a leitura em voz alta abafa qualquer som externo, além de facilitar a compreensão e voltar a atenção para a sua voz, faze…

Dicas

Boa tarde, amigos. Retornando ao Blog depois de meses, quero deixar uma ferramenta importantíssima para atualização dos profissionais e para os estudantes; o site dizer o direito traz informativos comentados, e o mais importante, de forma totalmente gratuita. Façam uso e bom estudo! http://www.dizerodireito.com.br/

Concursos dos Correios

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos anuncia nesta quinta-feira, 05, a realização de Concurso Público Nacional com o objetivo de preencher vagas e formar cadastro reserva em cargos da área de Medicina e Segurança do Trabalho. Sob organização do Iades este certame conta com oportunidades nas funções de Enfermeiro do Trabalho Júnior (2), Engenheiro de Segurança do Trabalho Júnior (9), Médico do Trabalho Júnior (44), Auxiliar de Enfermagem do Trabalho (12), e Técnico em Segurança do Trabalho Júnior (21). Estes profissionais podem atuar nas cidades de Aracaju - SE, Bauru - SP, Belém - PA, Belo Horizonte - MG, Boa Vista - RR, Brasília - DF, Campo Grande - MS, Curitiba - PR, Fortaleza - CE, Goiânia - GO, João Pessoa - PB, Macapá - AP, Maceió - AL, Manaus - AM, Natal - RN, Palmas - TO, Porto Alegre - RS, Porto Velho - RO, Recife - PE, Rio Branco - AC, Rio de Janeiro - RJ, Salvador - BA, São José - SC, São Luís - MA, São Paulo - SP, Teresina - PI, e Vitória - ES. Podem se inscrever …